Um dia de trabalho interior, de experiências, cerimônias e conversas sobre a Reconciliação no Parque de Estudos e Reflexão Caucaia. 

Convidamos todas e todos!

Valor do retiro: R$ 25 
(Contribuição ao espaço: R$10 + Alimentação* R$15)
*Almoço com opção vegetariana + café da tarde

“Tampouco estamos tentando esquecer os agravos que aconteceram. Não é o caso de operar a falsificação da memória. É o caso de tentar compreender o que aconteceu para entrar no passo superior de reconciliar. Nada de bom se consegue pessoal ou socialmente com o esquecimento ou o perdão. Nem esquecimento nem perdão! porque a mente deve ficar fresca e atenta sem dissimilações, nem falsificações. Estamos considerando agora o ponto mais importante da Reconciliação que não admite adulterações. Se é que buscamos a reconciliação sincera conosco e com aqueles que nos feriram intensamente é porque queremos uma transformação profunda de nossa vida. Uma transformação que nos tire do ressentimento no qual, em definitiva, ninguém se reconcilia com ninguém e nem sequer consigo próprio. Quando conseguimos compreender que em nosso interior não habita um inimigo mas um ser cheio de esperanças e fracassos, um ser no qual vemos em curta sucessão de imagens, momentos bonitos de plenitude e momentos de frustração e ressentimento. Quando conseguimos compreender que nosso inimigo é um ser que também viveu com esperanças e fracassos, um ser que teve bonitos momentos de plenitude e momentos de frustração e ressentimento, estaremos colocando um olhar humanizador sobre a pele da monstruosidade.” Silo 2007